Autoconhecimento

Compartilhe esse post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Autoconhecimento: 5 razões pelas quais ele é importante

Nos últimos tempos virou modinha falar em autoconhecimento.

Muitos falam: “ah, papo de coach, coisa de livro de autoajuda, frescura, coisa de quem não tem o que fazer da vida…” e por aí vai.

Mas a questão é que o Autoconhecimento devia ser disciplina obrigatória na escola. 

Muitos dos problemas que vemos hoje, tanto em crianças, como jovens e adultos, poderiam ser resolvidos de forma mais fácil se tivéssemos melhor conhecimento sobre nós mesmos.

Em um mundo em que mais de 300 milhões de pessoas sofrem de depressão, de acordo com dados da OMS, o autoconhecimento realmente está fazendo falta.

Mas, por outro lado, um número bem maior de pessoas está perdendo o preconceito e buscando saber mais sobre isso.

Principalmente depois do surgimento da Pandemia, que mudou nossa vida por completo.

Por isso, nada melhor do que começarmos essa conversa entendendo de uma vez por todas o que é autoconhecimento.

O que é autoconhecimento?

Autoconhecimento é entender a si mesmo, em todos os aspectos.

Ter consciência das nossas preferências naturais, nossas forças e fraquezas, nossos valores e nossos objetivos de vida.

É entender nossas motivações e medos e saber identificar nossas emoções, para não sermos engolidos por elas.

É entender quem nós somos, qual nosso papel aqui e o que nos faz felizes.

Quem foge do autoconhecimento fica à mercê dos acontecimentos e tem muita dificuldade para viver sua vida de forma coerente e completa. 

Essa pessoa acaba perdendo o controle da própria vida, sem saber lidar com as adversidades que aparecem e ficando, muitas vezes, paralisados, sem saber pra onde ir.

Por que é importante conhecer a si mesmo? 

Os benefícios do autoconhecimento são inúmeros e quem pratica percebe rapidamente as mudanças em sua vida.

Para deixar ainda mais claro, selecionamos 5 razões pelas quais o autoconhecimento é tão importante e como ele pode contribuir em diferentes aspectos.

  1. Evolução pessoal e profissional

Ao passar pelo processo de autoconhecimento, você começa a refletir sobre suas próprias escolhas, seus objetivos e desejos e o que faz sentido pra você.

Você passa a identificar com mais clareza o que você gosta, o que não gosta, além de hábitos e pessoas que podem acelerar (ou prejudicar) o seu crescimento. 

E muitas vezes isso significa rever alguns passos e fazer alguns ajustes de rota.

Ao se conhecer melhor você aprende a lidar com as suas responsabilidades cotidianas e pode identificar novos caminhos que podem te fazer mais feliz, mais completo.

O autoconhecimento te permite retomar o controle da própria vida, tanto no âmbito pessoal, como profissional.

  1. Melhorar seu relacionamento com as outras pessoas

Ao se conhecer a fundo, você consegue correlacionar melhor a sua percepção sobre si mesmo e a percepção que os outros têm de você.

Muitas vezes, por falta de conhecimento, criamos certas ilusões sobre nós mesmos e nossas habilidades, que não são percebidas pelos outros, e que podem gerar constrangimentos.

Quando você pratica o autoconhecimento, você se aceita melhor.

Você passa a  ter melhor noção dos seus talentos e fraquezas e consegue transmitir isso com mais naturalidade. 

Dessa forma, as pessoas percebem você como uma pessoa mais autêntica e sincera sobre si mesma, abrindo as portas para relacionamentos mais leves e verdadeiros, tanto na vida pessoal como profissional.

  1. Entender suas atitudes e emoções e não ser dominado por elas 

Ao praticar o autoconhecimento você fica mais atento às suas próprias emoções.

Geralmente, quando acontece algo ruim ou muito fora do comum nas nossas vidas, muitas vezes é um gatilho para nos fecharmos e impedir que busquemos soluções.

Ficamos presos naquele problema e não conseguimos visualizar opções para resolver.

Já quem tem maior noção de si mesmo e das suas reações e emoções, tende a dar um passo atrás para visualizar a questão de forma mais abrangente, como se estivesse olhando de fora, para daí sim refletir e buscar a melhor solução.

  1. Saber dizer Não ao que te faz mal

O NÃO é libertador.

Ao aprender a dizer NÃO você vai ver que sua mente vai ficar mais tranquila, sabendo que  você não precisa fazer algo que não quer só porque alguém te pediu e você não conseguiu negar.

É claro que temos obrigações e nem sempre vamos amar tudo o que precisamos fazer.

A questão aqui é em relação a ações que não são sua obrigação, mas você acaba aceitando apenas por medo de parecer arrogante ou de má vontade.

Ou, algo ainda mais interno… para que as pessoas gostem de você.

Ao praticar o autoconhecimento você entende o que há por trás das suas decisões e consegue ter mais controle sobre elas e como isso afeta a sua vida como um todo.

E faz melhores escolhas sobre o que faz sentido para você executar ou não.

  1. Fazer mudanças positivas

O Autoconhecimento é o primeiro passo para mudanças de vida que realmente farão diferença.

A partir desse conhecimento você consegue definir com muito mais clareza o que realmente precisa mudar e como chegar nesse objetivo.

Ao se conhecer você faz escolhas mais certeiras, evita perder tempo com o que te prejudica e tem muito mais consciência do que ainda precisa aprender.

Como Sócrates já dizia, uma parte vital do autoconhecimento é saber o que não sabemos e reconhecer abertamente nossa ignorância.

Como buscar o autoconhecimento?

Mas finalmente, como buscar esse autoconhecimento?

Existem inúmeras formas.

Através de livros, estudo de teorias de psicologia e psicanálise ou buscando ajuda profissional.

Hoje existem inúmeros especialistas estudando diferentes aspectos do autoconhecimento e que podem te ajudar nesse processo.

Aqui no Instituto Você Protagonista, nós temos diversos treinamentos para você melhorar seu autoconhecimento e se tornar Protagonista da própria vida.

Toque no botão abaixo para saber mais.

[QUERO SABER MAIS COMO SER PROTAGONISTA]

Veja mais...

Políticas de Privacidade | Termos de Uso 

Instituto Você Protagonista © 2021 | Todos os direitos reservados