Perder a Timidez

Compartilhe esse post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Como Perder a Timidez E Começar a Gravar Vídeos? Veja Aqui

Nos tempos atuais de tecnologia avançada e conexões sem limites, um dos setores que mais tem crescido e se adaptado aos novos tempos é, sem dúvida, o de gravação de vídeos.

Não importa qual seja o tema ou o gênero a serem gravados, os conteúdos em vídeo figuram entre as mídias mais acessadas pelos internautas de todos os lugares e de todas as idades.

Claro que isso não é de se espantar, visto que somente o YouTube possui mais de mais de 1,9 bilhão de usuários ativos mensalmente, e isso só até 2018. Para quem ainda não compreendeu a magnitude dessa cifra, esse número equivale a cerca de um terço de todos os usuários da internet.

Desse modo, não são poucos os que se aventuram a gravar vídeos em busca de sucesso, satisfação pessoal, entretenimento ou a motivos profissionais. No entanto, algumas pessoas que querem lançar mão dessa ferramenta tão valiosa, se sentem tímidas diante de uma câmera e acabam por adiando cada vez mais o dia em que finalmente começarão a gravar vídeos.

Se você uma dessas pessoas que mal veem uma câmera e logo se retiram do ambiente, e precisa perder a timidez, fique com a gente, pois o artigo de hoje traz as melhores dicas de como perder a timidez para gravar vídeos. Confira a seguir.

Medo da câmera, o que é?

Antes de descobrir como perder a timidez e o medo da câmera, você precisa saber o que é o medo da câmera. Você não acha curioso o fato de alguém não conseguir gravar um vídeo de si mesma? Essa mesma pessoa que conversa normalmente fora das câmeras, empacada sem saber como reagir?

Veja bem, é possível afirmar que existem alguns fatores básicos para que isso ocorra, que podem até ser determinante na timidez frente às câmeras. Entre os principais, podemos mencionar a falta de planejamento estratégico, a falta de conhecimento específico e a falta de intimidade com os equipamentos.

Assim, de modo geral, o que frequentemente ocasiona a timidez ao realizar uma filmagem é a falta de segurança por despreparo. Sendo assim, um dos modos mais eficazes para solucionar esse problema é, simples e obviamente, o preparo. Quando você sabe o que está fazendo, você se sente muito mais seguro e confiante para fazê-lo.

Sendo assim, confira a seguir as 5 dicas de como perder a timidez para gravar vídeos:

1. Domine o tema do vídeo

Como previamente mencionado, a superação da timidez virá a partir do momento em que você estiver preparado para fazer o que tem que fazer. Isso significa que você precisa dominar o assunto no qual pretende gravar um vídeo.

Desse modo, quando dominamos o assunto, podemos apresentar um conteúdo muito mais sério e profissional, mesmo que a visão que se queira passar não seja essa. Um conteúdo premeditado tem tudo para dar a segurança e naturalidade exigida por uma gravação.

Nunca comece algo sem ter ao menos uma noção do que está fazendo. Do contrário, você pode acabar achando que não é capaz de realizar essa tarefa, sendo que, no máximo, você apenas não se preparou o suficiente.

2. Prepare um roteiro

Já percebeu que quando estamos conversando as palavras surgem naturalmente e fluem de um assunto para o outro com muito mais naturalidade? Isso ocorre porque, em vez de nos preocuparmos com o que o interlocutor está pensando sobre nossa atuação, estamos preocupados em transmitir a nossa mensagem da mais calara e objetiva possível.

Você pode questionar: “mas é muito mais fácil ter continuidade em um discurso quando existe outra pessoa estimulando você a falar.” Isso pode ser bem a verdade, sim. No entanto, você pode criar um documento que o estimule a linkar os conteúdos para que a sua fala no vídeo também tenha essa continuidade.

E esse documento não é nada mais do que o velho e conhecido roteiro. Essa ferramenta há muito conhecida e utilizada pelos cineastas, atores, apresentadores e, atualmente, youtubers e videomakers, é a chave para a fluência e naturalidade do texto.
Sendo assim, antes de lançar mão de uma câmera, lance mão do roteiro.

3. Treine o conteúdo quantas vezes achar necessário

Como tudo na vida, gravar um vídeo é uma experiência que se aprimora com o tempo. Você só vai se familiarizar com as câmeras depois de muitos vídeos gravados e conteúdos preparados. No entanto, antes de você conseguir a famosa fluência natural de quem já produz vídeos há um bom tempo, você pode ir treinando para quês seus vídeos tenham menos erros possíveis.

Assim, leia em voz alta o roteiro, leia em frente ao espelho, observe suas expressões, verifique se as palavras conectivas estão sendo usadas corretamente. Altere o que for preciso antes de iniciar a gravação, quanto mais familiarizado você estiver com o texto, mais natural vai soar a gravação.

4. Não estamos ao vivo

É importante entender que mesmo que você se esforce muito para realizar uma produção perfeita, você pode acabar cometendo alguns erros, é normal. Além disso, grande parte dos vídeos são gravados e lançados em canais de internet ou nas variadas mídias existentes muito tempo depois de finalizados.

Isso significa que tudo que eventualmente sair dos eixos poderá ser editado e consertado posteriormente. Dessa forma, sem paranoia! Errou? Respire e recomece de onde parou. Assim, você não perde o fio da meada e não precisa retornar ao início a cada tropeço involuntário.

5. Aprenda com os erros e se especialize

Como foi dito, erros são comuns e a melhor maneira de lidar com eles é tirando proveito da situação. Lembre-se que um criador de conteúdo está em constante aprendizado. Ou seja, alguém que produz vídeos precisa estudar o tempo todo, inclusive a si mesmo, justamente para corrigir e aprender com os erros cometidos frequentemente.

Além disso, um criador de conteúdo precisa ser antenado a tudo que permeia o seu trabalho. Só se atualizando continuamente e aprendendo cada vez mais é possível alcançar propriedade e segurança ao expor algum assunto e perder, de uma vez por todas, a tão indesejável timidez.

Conheça Agora Mesmo A Melhor Comunidade De Vendas No Instagram Do Brasil

Veja mais...

Instituto Você Protagonista © 2021 | Todos os direitos reservados